SITE 24MAI17

Atuação

O que se propõe a Office Group?

Office Group, atuante deste setembro de 2011, tem entre seus objetivos sociais a busca de recursos financeiros para empresas, sejam para capital de girorenegociação de dívidasaquisições diversas, também de unidades ou de maquináriosampliações, operações no segmento Real Estate (1), operações de Lease Back imobiliário (2) e Built to Suit (3).

O relacionamento da Office Group dá-se com diversas instituições financeiras, além de Fundos de Investimentos nacionais e estrangeiros, permitindo a busca da melhor configuração para as necessidades de cada empresa.

A atuação ocorre junto aos setores industriais, comerciais e de serviços, com a possibilidade de atendimento às empresas de pequeno, médio e grande porte, cujos valores de captação sejam superiores a R$ 100.000,00 (Cem mil reais).

Para abrir estas possibilidades, num primeiro momento, a documentação necessária é:

Contrato Social e/ou Estatutos; Cartão CNPJ; Balanço exercício 2016; Balancetes mensais do exercício 2017; IRPJ 2016/2017; IRPF dos sócios exercícios 2016/2017; Relação faturamento ano de 2015, 2016 e dos meses de 2017, além de projeção para 2018; Comprovante de residência dos sócios; Documentos de identidade e CPF dos sócios.

Office Group obriga-se em prezar pela segurança e privacidade das informações disponibilizadas, no sentido de possibilitar a captação de recursos financeiros à sua empresa.

(1) A operação estruturada de Real Estate é uma operação financeira que tem como principal objetivo a captação de recursos a uma taxa de juros menor que a praticada pelo mercado, sem a necessidade de alienação do ativo imobiliário. Nesse tipo de operação o originador transfere o domínio do ativo a uma Sociedade de Propósito específico (SPE) concomitante a um contrato de locação com a mesma. A SPE, por sua vez, emite recebíveis imobiliários (oriundos do contrato de locação estabelecido entre a SPE e a pessoa jurídica ocupante do imóvel), para uma securitizadora que lhe entregará os recursos trazidos ao valor presente por uma taxa “x”. Em seguida, a securitizadora padronizará os recebíveis e emitirá certificados de recebíveis imobiliários (CRI`s) o qual os distribuirá aos seus investidores. A principal vantagem desta operação é a possibilidade de o proprietário do ativo captar recursos através da alienação do bem sem, no entanto, abrir mão da propriedade do imóvel.

(2) Operações Sale Leaseback. “Sale Leaseback” é um acordo comercial pelo qual a propriedade é, simultaneamente, vendida e alugada de volta ao proprietário, geralmente por um longo prazo, também chamada de venda e leaseback.

(3) Built to Suit é um termo imobiliário usado para identificar contratos de locação a longo prazo no qual o imóvel é construído para atender os interesses do locatário, já pré-determinado.